Diante da Covid-19 o profissional de beleza, atualmente, necessita ainda mais desenvolver competências para realizar o seu trabalho, uma vez que essa área também precisa estar integrada com uma boa saúde, para que os resultados sejam satisfatórios, e ofereçam segurança e qualidade para profissionais e usuários.

De acordo com informações da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec), o Brasil é o terceiro maior mercado de beleza, atrás apenas dos Estados Unidos e Japão.

Portanto a biossegurança em espaços de beleza é justamente para prevenir, com medidas simples, dos riscos de contaminação da Corona Vírus e demais doenças. É necessário que os salões deem mais atenção nas medidas que podem ser tomadas para evitar tais problemas.

Vamos com algumas dicas: 😊
-Manter distanciamento entre as pessoas, clientes e colaboradores .
– Uso de álcool gel pelos clientes e colaboradores .
– Higiene constantes das mãos.

– Uso de máscaras pelos clientes e colaboradores durante todo o expediente .
– Realizar a devida higienização do local e esterilizar os materiais perfuro cortantes em autoclaves. .
– Manicures, pedicures e até mesmo podólogos precisam sempre estar com as mãos bem lavadas antes de começar seu trabalho. Devem utilizar máscaras e luvas descartáveis a cada cliente. .


– Fazer uso de toalhas individuais, sendo uma para cada cliente, mesmo que ele realize mais de um procedimento.
– Sempre orientar os clientes para levarem seus próprios kits de manicure como alicates, lixas, palitos, etc. .
– Manter o ambiente com total limpeza e organização.

Além das dicas acima é fundamento que :

– É fundamental que o esteticista tenha cuidados com a assepsia das mãos e dos objetos utilizados no procedimento estético;

– Ter higiene pessoal, unhas aparadas e limpas, cabelos hidratados, essa apresentação leva o paciente a crer que o procedimento estará sendo feito por um ótimo profissional;

– O uso do jaleco ou avental é extremamente fundamental na hora do procedimento estético, junto com as luvas e a máscara;

– Limpeza do ambiente de trabalho, ser arejado e climatizado;

– Lixeira com pedal, para evitar contato de bactérias, colocar o lixo em local correto de coleta;

– Manter matérias perfura cortantes separados do lixo convencional;

– Troca obrigatória da roupa de cama, sempre esterilizado;

– Ter uma autoclave;

A biossegurança nos salões e barbearias requer atenção e consciência para ações de prevenção de doenças no ambiente de trabalho. Diante de uma realidade onde o mercado da beleza não para de crescer, é necessário redobrar a atenção e cuidado neste sentido.


No momento a palavra de ordem é prevenção.

Por Flávia Coelho de Souza – Publicitária profissional do Marketing Digital.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados *

Postar Comentário